Eu quero!

No quesito “roupas e acessórios” meu coração é muito promíscuo e vive querendo novas paixões.
A da vez é esse macacão da Checklist, que eu já pedi pro Augusto, mas ele não quer me dar:

Aliás, meu coração parece que vem se interessando por muitos macacos, porque ele também gostou desse da Maria Filó, lembra?

Os bichinhos da Swatch

A Swatch é uma das marcas que eu adoro, principalmente pelos modelos coloridinhos. =x
Nessa vibe de animal print, ela lançou a Animal Collection, com modelos inspirados em bichos como zebra, cobra e até réptil, para os boys, cujas cores lembram camaleão, crocodilo e lagarto.

No lançamento da versão de Zebra, que foi dia 1º de Abril, a Swatch realizou um flash mob em 28 países, onde cerca de 150 pessoas por cidade se vestiram de zebra e invadiram as ruas, entre 3 e 5 horas da tarde, encerrando sempre a ação em frente a uma loja da marca.

Foi o chamado “Zebra Day Hunt”, uma brincadeira da Swatch pra mostrar que a zebra virou o jogo: Ao invés de ser caçada, agora é ela quem caça.

Pra quem gostou da coleção, a marca d’agua em quase todas as imagens é da Squiggly, uma loja holandesa que faz entrega no Brasil e vende relógios de marcas como Swatch, Adidas e Armani a preços bem mais acessíveis que os que encontramos por aqui. Pode confiar, que eu já pedi e é seguro.

Novidades da MANGO

Essa é uma dica do Itallo, meu namorado, web designer do nosso blog e maior incentivador nessa empreitada bloguística. =)

A grife espanhola MANGO, que anunciou Isabeli Fontana como sua nova garota propaganda, substituindo nada mais nada menos que Scarlett Johansson, inovou em sua comemoração por ter conseguido chegar na marca de 2 milhões de fãs no facebook número bastante significativo, não é mesmo minha gente?!

Segundo o brainstorm9, eles encomendaram à Fake Studios uma peça que servisse de agradecimento aos clientes por deixarem eles fazerem tanta coisa “awesome”.

 Olha que vídeo mais legal:

 Abaixo algumas fotos da campanha “Modernist Resort”, primavera-verão 2011 da marca, na qual Isabeli arrasa através das lentes de Terry Richardson, mostrando porque foi considerada a mulher ideal – urbana, batalhadora e independente- para representar a grife.

 

Confesso que não sou a maior fã da moça, mas ela merece.

E vocês o que acham?

A casa da Lina

Hoje eu vou começar a comentar aqui um pouco sobre algumas obras da arquitetura que eu acho interessantes da gente ver. Vou tentar não ser muito técnico pra não parecer chatonildo, ok? Pois bem, vamos falar de casinha?

Lina Bo Bardi foi uma arquiteta italiana radicada no Brasil que, junto com Oscar Niemeyer e Lúcio Costa foram os precursores do modernismo brasileiro. A mulher era o poder!

Talvez o projeto mais famoso dela seja o Museu de Arte de São Paulo (MASP), que é uma das obras mais ousadas do modernismo nacional. Engenharia e arquitetura andando de mãos dadas para a plenitude no mais alto nível de interação. Lindo de ver.

Mas eu escolhi a Casa de Vidro, hoje Instituto Bardi (Bardi era o sobrenome de Pietro Maria Bardi, o marido dela) pra começar nossas conversas. To pensando em priorizar casas. Acho que é uma linguagem mais próxima da gente e tem mais a ver com a atmosfera intimista desse blog tão legal. Mas ainda não sei… Deixa rolar.

A casa! Que casa!

 No meio da Mata Atlântica tem uma casa.

A residência de Lina e Pietro foi construída no bairro do Morumbi em São Paulo, num terreno de sete mil metros quadrados localizado numa  área cercada pela floresta. Erguida ao longo de três anos, no início dos anos de 1950, seria a residência do casal. A Casa de Vidro brota elegantemente do meio das copas das árvores.

Sem dúvida, o que eu mais gosto nessa casa (e nos outros projetos modernos desse período) é o caráter “permanente” da obra. Na época, ao contrário de hoje, para os bons arquitetos não existia “moda”, existia “busca”. O objetivo dos projetistas, mesmo quando seguiam tendências internacionais, era criar escolas de arquitetura,  erguer edifícios que tivessem uma simbologia que durasse enquanto a própria obra existisse. Olhavam sempre pra frente. Sem imaginar que depois de dois anos teriam que trocar algum revestimento por outro que estivesse “em alta”.

Reparem na transparência dessa sala. Na amplitude.

Os prédios tinham personalidade e cada arquiteto conseguia impor sua marca particular em cada um deles. Havia uma unidade quanto conceito arquitetônico, mas nunca uma formal. Por isso o modernismo brasileiro é tão importante no mundo. Porque tinha cara de Brasil! Tanto que, ainda hoje, qualquer arquiteto que tenha o mínimo de talento bebe dessa fonte.

Mas voltando à linda casa da Lina… A estrutura foi erguida sobre tubos de aço acima do solo, que além de ser uma mão na roda pro conforto térmico, permitem o fluxo das águas da chuva e deixam a casa com um visual mais leve.  Esse esquema que construção permite uma integração entre interior e exterior, paisagem e morada perfeito.

Um minuto de silêncio pra quem não tem uma sala dessas…

Eu sou apaixonado por essa decoração! Cheia de objetos exóticos que os dois colecionavam de suas viagens e a mobília quase toda desenhada pela própria Lina.

E esse piso pastilhado de vidrotil azul? Deve dar pena até de pisar nele…

Qualquer solução paisagística de integração entre casa e natureza tem meu apoio total, ainda mais quando se busca preservar o que já existe. Essas soluções de criar jardins internos e essas árvores que atravessam os ambientes são sempre muito felizes. Detalhe:  Burle Marx (é, o mesmo que fez o jardim do Rio Poty Hotel) foi o responsável pelo paisagismo. /todasinveja

Acho MUITO charmoso esses pilares aparecendo dentro da sala.

Muitas vezes, Lina se mostrou “contra corrente”, em seus projetos frequentemente abria mão do minimalismo que  vinha sendo usado em larga escala (que eu gosto muito, mas sei que às vezes é chato) e explorava uma decoração simples, porém muito  rica em detalhes. É como se em cada canto da casa a gente pudesse ver um pedaço de alguma história.  Meu povo, essa casa é atemporal, daqui a cinquenta, cem, mil anos, ela ainda vai ser exemplo de coisa boa.

Pois é gente, vou ficando por aqui, espero que vocês tenham gostado da casa da Lina, assim, muitas outras virão pra gente dar uma curiada, ok?

–  Lina, o diabo é essa tua mania de encher a casa com esses “boneco de pau” e esses “pedaço de pedra”.

–  Rum, fica aí na tua ,Pietro…

A arte de Tinico Rosa

Tinico Rosa é um gaúcho talentoso que mora em São Paulo e é muito conhecido por seu trabalho como tatuador.

Mas o que Tinico faz é muito mais que tatuar, é arte.
Quem consegue passar pela longa lista de espera pra ter seu corpo riscado por ele, não pode chegar lá com um desenhinho pronto. Tem que sentar, conversar, discutir o que quer e deixar o Tinico criar algo que tenha a ver com seu desejo, sua personalizade e sua história. Algo único, naquele traço fino, delicado e preciso que só o Tinico tem. Tudo inspirado nas formas do corpo humano e na natureza: “Acho que as formas geométricas sejam mais próprias para o corpo humano e assim como os antigos, tento criar peças que ‘vistam’ o corpo e respeitem seus movimentos e linhas. Então prefiro ficar atendo às coisas da natureza e suas formas, sejam elas galhos de árvores ou padronagens da pele de animais” (trecho dessa entrevista).

E sua criatividade não para por aí… A arte de Tinico ganhou as ruas, telas, camisetas, sapatos e a fotografia, que também tem que ser manual, “deixando tudo com uma cara experimental”, como ele mesmo diz. “Por que? Talvez para fazer as pessoas pensarem um pouco, pois a outra é muito automática. A fotografia manual é mais orgânica, requer paciência, aceitação de erro, têm o tempo entre clicar, pegar o ônibus e o metrô pra revelar, existe a mão do anônimo que faz o meu clique virar um objeto chamado fotografia. Ainda existem produtos e a química para revelar. Só depois disso saberei o que aconteceu quando baixei o botão da minha câmera” (também daqui).

Conheça mais no flickr e no site dele.

Eu fujo! #2

O novo visual de Sabrina Sato gerou polêmica essa semana. A moça aderiu ao look franja “cotoca” para a nova campanha da Arezzo, que terá inspiração nas pin-ups dos anos 50.

Gisele e Beyoncé foram mais sensatas que Sabrininha e colocaram uma peruquinha básica quando precisaram fazer algum trabalho que requereu a dita mudança no visual:

Sinceramente queridos, se isso virar tendência EU FUJO!

Ow coisa feia, parece traquinagem de criança que cansou de pedir pra mãe pra ir num salão cortar o cabelo e resolveu fazer o serviço sozinha. Alguém concorda comigo?

A arte de Luda Lima

Nós 4 sempre falamos de ilustradores gringos que admiramos, mas eu senti a necessidade de mostrar que tem muita gente boa aqui no Brasil também.

Às vezes folheamos revistas, recebemos cartões, convites de eventos, entramos em sites com layouts cheios de arte, achamos as ilustrações bonitas, mas nem nos interessamos de procurar o nome de quem criou tanta coisa linda. #FATO

Passeando na net, descobri o trabalho da Ludmila Lima ou Luda, ilustradora, designer e artista plástica, que se descreve como “Uma Panda Burlesque-star nas horas vagas” (adorei!).

Os trabalhos de Luda podem ser vistos em diversas revistas, exposições, sites, convites, cartões e afins. A moça tem talento e merece reconhecimento por suas criações.

Será que você já viu algum trabalho dela?

Olha aí quanta coisa bacana!

Autorretrato:

Convite de Casamento:

Arte de CD:

Cartões de Natal:

Quadrinhos:

Sites:

Exposição Inter-Vir ( fotos de Monique Renne e intervenções de Luda) – LINDO LINDO:

Outras artes:

E aí, o que vocês acharam gente?

Mais informações:

luda@ludailustra.com

Flickr:
www.flickr.com/photos/ludailustra

Twitter:
www.twitter.com/ludalima
Etsy Shop:
http://www.etsy.com/shop/ludalima?ref=pr_shop
Facebook:
http://www.facebook.com/ludailustra

Pra custir no fim de semana

Uma musiquinha que já é conhecida de todos nós e super combina com os embalos de sexta, sábado e domingo (por que não?):

Aqui em uma versão menos conhecida, mas também muito legal, feita pela Linnea Henriksson, uma cantora e modelo super fofa, que participou do Swedish Idol 2009 e ficou em 3º lugar. Algumas pessoas comparavam o jeito dela de cantar com o da Bjork. Concordas?

Bom fim de semana, pipow!

Entradas Mais Antigas Anteriores

@tangerinejuice

@venniciuscastro

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Nós 4 team

rodape
%d blogueiros gostam disto: