Strike a pose!

      Minha amiga Or me indicou esse vídeo, a Maria linkou no semanário, e eu achei bastante interessante. Produzido pela artista espanhola Yolanda Dominguez, “Poses” representa (segundo a autora) uma crítica direta do mundo absurdo e artificial de glamour e da moda que as revistas atuais apresentam. Especificamente a imagem altamente distorcida das mulheres, que estes veículos transmitem através de modelos que não representam as mulheres reais, assim evitando todos aqueles que não estão dentro dos parâmetros restritos.

      Ela ainda argumenta que como essas imagens são praticamente a única referência feminina na mídia de massa possuem uma grande influência em homens e mulheres na construção de nossos papéis em termos de comportamento e formas de pensar.

      O vídeo é mais ou menos o seguinte: as poses “absurdas” dos editoriais são reproduzidas por mulheres reais, tipo “gente como a gente” em ambientes reais (supermercados, praças, restaurantes), para pessoas reais, que são os verdadeiros consumidores dessas imagens e desses produtos. A partir daí ela capta a reação do público, e permite um questionamento de leve sobre a relação corpo-imagem-moda-consumo.

      Eu, particularmente, não sei se concordo muito com o argumento dela. Vale lembrar que os trabalhos de propagandas e editoriais de moda com modelos em poses “distorcidas” surgiram para subverter a imagem elegante e glamourizada que a moda vendia há umas 5 décadas. Yolanda propõe uma discussão que segue o sentido oposto (pelo que me parece) e que é fruto de algumas outras angústias mais profundas sobre o  lugar do corpo na moda e como o seu uso permite que sejam estabelecidos papéis e formas de pensar. Isto ela transforma em um vídeo interessante, que merece ser visto. Então deixemos de conversa fiada, e vamos ao que interessa:

 

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Lu, lulu e elu
    dez 06, 2011 @ 19:45:16

    Minha geentchy, tu tá muito mestrando mesmo escrevendo nesses formatos hahahahhhahahhahaha seriously…

    Responder

  2. dane
    dez 06, 2011 @ 19:49:16

    é verdade que foram poses criadas pra criticar, como tu diz. mas… há 5 décadas. penso que elas já se tornaram sinal de glamour e elegância, não mais de crítica. os significados se transformam.

    Responder

  3. Lu, lulu e elu
    dez 06, 2011 @ 19:51:54

    Faltaram só as referências kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

  4. Augusto Dantas Jr.
    dez 08, 2011 @ 13:29:25

    Sim, Dane, e começaram a ser utilizadas por estilistas como André Courrèges e Paco Rabanne, que propuseram uma “desconstrução” do glamour proposto por Balenciaga, Dior, Givenchy… E tanto deu certo, que hoje é esse o padrão estético que as grandes griffes (incluindo as mais tradicionais) se utilizam.

    A idéia dela é interessante, mas não sei se cabe adentrar muito nessa discussão nos dias atuais. Talvez há umas duas ou três décadas a repercussão seria maior. Mas, com as mudanças que já aconteceram, hoje a moda pede outras discussões.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

@thalitaviana

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

@tangerinejuice

@venniciuscastro

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Nós 4 team

rodape
%d blogueiros gostam disto: