…E pra começar a semana:

     Confesso que não me considero fã da Amy, e que gosto mais de “Frank” que do histórico (agora, mais que nunca) “Back to black”, mas desde sábado uma estou remoendo uma dorzinha no meu coração. Principalmente porque, do alto de minha crença utópica (ou não) de que as pessoas podem ser melhores e fazerem o bem para si mesmo e para os outros, prima Amy entrava com folga na minha listinha daqueles que ainda conseguiriam fazer muita coisa boa nesse mundo.
     Enfim, Amy agora virou estrela, definitivamente. E é com essa minha dorzinha ainda presente que eu começo a semana com uma das músicas dela que mais gosto:


The sun goes down, a star is born, baby.

 

 

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Maria Clara
    jul 25, 2011 @ 15:13:45

    Essa é das minhas preferidas também.

    Mas eu já tava no time dos que esperavam a qualquer momento a fadada notícia.

    Responder

  2. Itallo Victor
    jul 25, 2011 @ 16:03:14

    http://www.whenwillamywinehousedie.com/

    Quem será que ganhou o iPod? É isso aí Amy-A ou Deixe-A casa de vinhos foi-se, tadinha.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

@thalitaviana

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

@tangerinejuice

@venniciuscastro

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Nós 4 team

rodape
%d blogueiros gostam disto: